O Deus que trabalha…

“Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.”
Isaías 64:4

O Profeta Isaías, inspirado pelo Espírito Santo, escreveu estas sábias palavras acerca do Deus Vivo. Como integrante do povo de Israel, Isaías clamava pelo arrependimento do povo, que tantas vezes foi abençoado pelo seu Deus, mas naquela ocasião tinha se afastado do Senhor. Mas por que um povo que saiu da escravidão do Egito pela mão forte de Deus, que venceu inúmeras batalhas e que provou da bênção da salvação se afastaria do Senhor? A resposta é que perderam o temor.  E sem temor, passaram a ouvir outras vozes, a seguirem outros conselhos e a verem outros deuses (idolatria).  Sem temor ao Seu Santo Nome, Deus não poderia agir em favor do povo. Ele não pode agir no meio de uma igreja que não vive o temor. Certamente veio à memória do profeta tudo aquilo que Deus tinha feito em favor de Israel, as lutas e as vitórias alcançadas, os períodos de alegria e glória de um povo formado pelo próprio Senhor, que nunca os abandonou enquanto permaneceram fieis. Isaías sabia muito bem que desde a antiguidade não se tinha visto, nem jamais ouvido falar de um deus como o Deus de Israel. O Deus que trabalha em favor daqueles que Nele esperam. A história se repete hoje no período da Graça, pois muitos têm abandonado o Senhor, deixando-se levar pelas vaidades deste mundo. Que nós como Igreja Fiel do Senhor nunca nos esqueçamos daquilo que Ele fez em nosso favor, que sempre venha à nossa memória as bênçãos celestiais derramadas sem medidas por este Deus que trabalha e continua trabalhando pela nossa salvação, pela nossa alegria, pela nossa fé, pela nossa vitória… Não precisamos fazer muito, Ele é quem trabalha e nós esperamos/descansamos Nele em temor.

2 respostas para “O Deus que trabalha…”

  1. Acho essa relação “Deus – Trabalho” fantástica porque contraria a lógica natural de um Deus estático, assentado num trono só esperando a adoração. De fato o Deus que conhecemos e a quem servimos é um “Deus que trabalha”; quão glorioso é ser alvo da “Obra” das mãos d’Ele e também não sermos meros expectadores, mas servirmos na Sua Obra, eternos adoradores!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: